meu pé de roseira, o bálsamo da minha solidão, meu coração à flor do peito, embriagada no ardor da Poesia, vou-me revelando e cumprindo a minha missão de ser Poeta. TODOS OS POEMAS REGISTADOS NO I.G.A.C.

26
Mar 15

2015 - 1.png

 

agita-se o lenço de seda branca,

o coração ecoa num ritmo mais apressado,

rítmico os movimentos dos nossos corpos,

pouco a pouco

o gemido das nossas bocas,

loucas

verdadeiro frenesim,

um deslumbrado momento de paixão...

em ti e em mim

sentindo em borbotão

o clamor do amor,

o outono, a tristeza,

o riso, o verão,

de jubilo incendiados

como velhos companheiros

ou recém apaixonados

 

natalia nuno

romã

contador de visitas
publicado por natalia às 21:51

Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
13
14

15
17
19
20
21

23
27

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
favoritos

o afastamento...

blogs SAPO