meu pé de roseira, o bálsamo da minha solidão, meu coração à flor do peito, embriagada no ardor da Poesia, vou-me revelando e cumprindo a minha missão de ser Poeta. TODOS OS POEMAS REGISTADOS NO I.G.A.C.

04
Jun 14

vida y muerte2.jpg

 

não te vás ainda

fica mais um pouco

deixa sinais de carícias

abraça-me com teus braços

fortes

que o sonho é nosso abrigo

só mais uma palavra, um gesto

fica comigo

vamos recomeçar

castelos no ar

não te afastes não

meu coração treme

quando te aproximas

minhas palavras impacientes

de paixão,

saem em rimas

és o dono dos meus afectos

o paraíso das minhas lembranças

deixa que viva uma vez mais

esta fantasia

deixa que me seja fiel a alegria.

 

romã

contador de visitas
publicado por natalia às 17:44

Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
14

17
18

22
24
25
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
favoritos

o afastamento...

blogs SAPO