meu pé de roseira, o bálsamo da minha solidão, meu coração à flor do peito, embriagada no ardor da Poesia, vou-me revelando e cumprindo a minha missão de ser Poeta. TODOS OS POEMAS REGISTADOS NO I.G.A.C.

30
Jul 15

3fce681dd744c771613f87f1acb6a0ac.jpg

 

desvario do corpo abandonado

na cegueira do desejo,

coração que de paixão

estremece, é a doçura dum beijo,

é  paixão tão grande como o mar

no olhar...

é o arrepio secreto da pele

é o sortilégio do amor

é do pulsar do sangue o rumor

é o estarmos a sós

num encontro cúmplice 

é em nós

o extase do enamoramento.

canta em nós a felicidade

e já nos comove a saudade

é belo reviver com arrebatamento

amando-nos livremente e na memória

guardarmos a nossa história.

 

natalia nuno

 

 

 

 

 

contador de visitas
publicado por natalia às 18:48

Julho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
16
18

19
20
21
22
23
24

26
27
29
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
favoritos

o afastamento...

blogs SAPO