meu pé de roseira, o bálsamo da minha solidão, meu coração à flor do peito, embriagada no ardor da Poesia, vou-me revelando e cumprindo a minha missão de ser Poeta. TODOS OS POEMAS REGISTADOS NO I.G.A.C.

23
Abr 15

10351104_1103135196379034_1822848415342301989_n.jp

 

 

quantos lírios e quantas rosas

quanto amor ardente, frenesim

tantas noites d'amor generosas

passadas, que te dei e tu a mim

 

foram doces as voltas do amor

hoje as descrevo com saudade

beijos, o cheiro do amor ao redor

o fogo quente que era eternidade

 

ai... se fosse esse tempo agora!

em teus braços feliz, cada aurora

ver o teu olhar brilhar sem fim

 

este amor que o tempo invejou

pra longe dessas noites nos levou

passadas, que te dei e tu a mim

 

natalia nuno

romã

 

 

 

 

contador de visitas
publicado por natalia às 23:12

Abril 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
17
18

19
20
21
22
24
25

26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
favoritos

o afastamento...

blogs SAPO